É preciso partir as palavras

“Não digam que eu sou um intelectual; de contrário, depressa poderia demonstrar quem o é! Porque o intelectual, no mau sentido do termo, é aquele que usa palavras gastas até à saciedade sem as destrinchar. É preciso partir as palavras como se parte um mealheiro ou um ovo de Páscoa para ver o que há lá dentro. Eu faço com que despedacem as palavras: é indispensável.”

François Varillon em Alegria de crer e de viver

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s