O sinal, a marca

“A medida! Essa divina palavra da Grécia, como nós a esquecemos! Corrompemos e envenenamos as melhores coisas, por falta de proporção, de moderação e de bom senso. O homem natural, o homem vulgar não é mais do que um animal imoderado. A medida é o sinal da maturidade interior; o equilíbrio é a marca da sabedoria.”

Amiel em Diário Íntimo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s