O grito mais profundo do nosso ser

“A Natureza não é justa; nós somos produtos da Natureza. Por que reclamamos e profetizamos a justiça? Por que se volta o efeito contra a sua causa? O fenômeno é singular. Provém essa reivindicação de uma cegueira pueril da vaidade humana? Não; é o grito mais profundo do nosso ser, e é em honra de Deus que esse grito é lançado. Os céus e a terra podem aniquilar-se, mas o bem deve existir e não deve existir a injustiça. Tal é o credo do gênero humano. E é o bem. A Natureza será vencida pelo espírito, e o eterno prevalecerá contra o tempo.”

Amiel em Diário Íntimo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s