Envelhecer é mais difícil que morrer

“Envelhecer é mais difícil que morrer, porque renunciar uma vez e em bloco a um bem, custa menos que renovar o sacrifício diariamente e por miúdo. Suportar a própria decadência, aceitar a própria diminuição é uma virtude mais amarga e mais rara que desafiar a morte. Há uma auréola na morte trágica e prematura; e não há senão uma longa tristeza na caducidade crescente. Mas olhemos melhor a isso: a velhice resignada e religiosa parece então mais comovedora que o ardor heroico dos anos juvenis. A maturação da alma vale mais que o brilho das faculdades e do que a abundância das forças, e o eterno que existe em nós deve tirar proveito de todas as devastações que faz o tempo.”

Amiel em Diário Íntimo

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s