Sublime realidade

“Obrigado, meu Deus, pela honra que acabo de passar em tua presença, de joelhos. Reconheci a tua vontade, medi as minhas faltas, contei minhas misérias, senti a tua bondade para comigo. Tive o sabor do meu nada. Tu me deste a tua paz. No amargor está a doçura, na aflição a alegria, na fraqueza a força, no Deus que pune o Deus que ama; o mel está na goela do leão. Perder a sua vida para ganhá-la, oferecê-la para recebê-la, nada possuir para tudo conquistar, renunciar a seu próprio eu para que Deus se dê a nós, que problema impossível e que sublime realidade!”

Amiel em Diário Íntimo

Um pensamento sobre “Sublime realidade

  1. YoB disse:

    Chorei…
    Obrigado

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s