Superficial

“Um tal pensador explica com seu pensamento uma outra coisa, e vejam, ele não compreende a si próprio; ele talvez faça um uso muito penetrante de seus dons naturais aplicando-os às coisas exteriores, mas em direção ao interior, muito superficial; e por isso todo o seu pensamento permanece (por mais profundo que pareça), mesmo assim, no fundo, superficial.”

Kierkegaard em As obras do amor

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s