Outro mundo

“É preciso descer mais na intimidade para descobrir em si outro mundo, no qual o amor-próprio, em vez de se refinar, se dissolve; mas cada um de nós sente uma emoção incomparável ao provar sua riqueza, sua profundidade e sua infinitude: é um mundo no qual somos todos chamados a comungar. Diante dele o mundo aparente recua e perde sua realidade: nossas preocupações miseráveis se fundem; nossa vida se ilumina e se transfigura. Dir-se-á que esse é um país longínquo e ignorado no qual não se pode penetrar sem uma graça sobrenatural? É verdade que quem fala dele parece empregar uma linguagem misteriosa, quimérica, despojada de todo e qualquer interesse humano. Mas, ao prestar ouvidos mais atentos, reconhecem-se pouco a pouco todas as palavras. Pois esse viajante vem do paraíso, de um paraíso espiritual que cada um traz em si e que basta desejar para descobri-lo e nele viver.”

Louis Lavelle em A consciência de si

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s