Não há ato que seja mais difícil

“A pureza é um ato de presença a si mesmo e ao mundo. E não há ato que seja mais difícil de efetuar: todo desvio que rompe a unidade do nosso ser é impuro. É uma inclinação da alma para o que lhe é alheio, para o que é perecível, e já uma fuga em direção ao nada: inclinação que nunca recebe de nós um verdadeiro consentimento. Ninguém se entrega ao desvio com uma perfeita liberdade interior e uma absoluta sinceridade: não é o amor que nos conduz a ele, mas a falta de amor.”

Louis Lavelle em O Erro de Narciso

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s