O eu viral

“Do mesmo modo que a genuinidade mostrou-se irrelevante para o conteúdo viral, é também irrelevante para o eu viral. O eu viral é “pós-autêntico”, em que encontra sua verdade em mensurações ex post facto (quantas curtidas, quantas visualizações, quantos compartilhamentos) e não na fidelidade a uma ética ou sistema de valores preexistentes. Sua “autenticidade” é um efeito secundário de ter sido capaz de arregimentar uma audiência que dê valor ao conteúdo que faz circular.

Manter-se verdadeiro a algum espírito interior imutável, ser consistente a despeito das demandas da audiência que observa – essas deixaram de ser preocupações relevantes.”

Rob Horning em The Viral Self

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s