Todo o mundo mente

“Calar-se? Mas ele teme o silêncio. Falar? Mas ele teme a verdade. A mentira nasce desse duplo medo. Ela é palavra amedrontada. Assim, a criança com medo balbucia no escuro – para se tranquilizar. Assim, os adultos tagarelam: para dissimular seu medo e, por fim, esquecê-lo.
“Os adultos”? Todos nós. Todo o mundo mente porque todo o mundo tem medo: medo de si, dos outros; do silêncio, da verdade… Quando tivermos vencido nosso medo, poderemos nos calar, ou então dizer a verdade. O que dará na mesma.”

André Comte-Sponville em Do Corpo

Anúncios