Insossa timidez

“Mas não tinha perigo. Oliva era honesta, de uma honestidade inatacável, porque tinha consciência do mal que faria a si mesma se cedesse. Era exatamente essa consciência que a fazia ousada e descontraída, sem a insossa timidez dos pudores fingidos.”

Luigi Pirandello em O Falecido Mattia Pascal

Anúncios