Razões inconfessáveis

“Os esforços que fazemos para nos afirmar, para nos igualar aos nossos semelhantes e, se possível, superá-los, têm razões vis, inconfessáveis, logo profundas. As resoluções nobres, ao contrário, provenientes de uma vontade de retraimento, carecem inevitavelmente de vigor e as abandonamos rapidamente, com ou sem arrependimento. Tudo pelo que sobressaímos procede de uma origem obscura e suspeita, de nossas profundezas verdadeiras.”

Cioran em Exercícios de admiração

Anúncios