A memória

“a memória, essa moeda que não é nunca a mesma.”

Jorge Luis Borges em Elogio da Sombra

Anúncios