O Coronelismo Intelectual

1- “Coronelismo intelectual” é a prática mais idiota da “intelectualidade” brasileira.

2 – O Coronelismo intelectual se caracteriza pela propriedade privada da coisa pública: há os donos da filosofia, da teoria literária…

3 – Da antropologia, da sociologia, da história da arte, dos estudos sobre Kant, Hegel, P. Freire, Marx, Adorno, Benjamin, Wittgenstein …

4- O Coronelismo intelectual odeia o olhar divergente e a pergunta dos outros, porque teme a dúvida como o diabo foge da cruz.

5 – O Coronelismo intelectual odeia a partilha das ideias. É avarento e pratica a usura. Cafetinagem intelectual é o seu outro nome.

6 – O Coronelismo intelectual odeia a invasão dos Sem Ideias no território das ideias prontas. Contra ele todo assalto é desejável.

7 – O disfarce do Coronelismo intelectual é o discurso verdadeiro. Ele fala difícil e finge a pesquisa e o rigor acadêmicos.

8 – Coronelismo intelectual: o lobo do medo na pele de cordeiro do bom senso.

9 – Coronelismo Intelectual: prática de fundamentalismo teórico e devoção exegética ao texto. Contra ele pratiquemos a pornografia teórica.

Marcia Tiburi

Anúncios