Um homem morto

Um homem morto a pedradas
estende a mão com os dedos que lhe restam
pede-me um novo sonho
dou-lhe uma esmola falsa.

Helena Schopenhauer

Anúncios