Os sonhos esquecidos

“Helena sonhou que deixava os sonhos esquecidos numa ilha.
Claribel Alegria recolhia os sonhos, os amarrava com uma fita e os guardava bem guardados. Mas as crianças da casa descobriam o esconderijo e queriam vestir os sonhos de Helena, e Claribel, zangada, dizia a eles:
– Nisso ninguém mexe.
Então Claribel telefonava para Helena e perguntava:
– O que eu faço com os seus sonhos?”

Eduardo Galeano em O livro do abraços

Anúncios