Até a dor, até a perda

“Prego a Boa Nova porque sei que com Deus tudo é melhor; até a dor; até a perda; até a angústia; até a morte; posto que somos doídos, mas não vencidos; sentimos perdas, mas jamais perdemos; provamos angústia, mas nunca sem a pulsão de uma esperança essencial.”

Caio Fábio

Anúncios