Religião mercantilista

“O amor de Deus é gratuito. Ele nos ama e salva gratuitamente. Não é preciso cumprir nada para comprar o amor de Deus. Nisso consiste o fundamental da luta paulina contra os judaizantes, nos quais via o perigo da religião salarial ou mercantilista. Dou, faço, cumpro a lei, circuncido-me, sou boa pessoa para ganhar a Deus. Essa religião é lixo puro; mudou totalmente a lógica de Deus; não compreendeu nada da gratuidade de Deus.”

José María Mardones em Matar nossos deuses – Em que Deus acreditar?

Anúncios