Trechos (3)

“Fulano Malta achava que o mundo estava tão torto que para um homem ser bom não podia ser justo.”

“O homem sábio é o que sabe que há as coisas que nunca vai saber.”

“O amor nos pune de modo tão brando que acreditamos estar sendo acariciados.”

“O bom do caminho é haver volta. Para ida sem vinda basta o tempo.”

“Não se chora alto, a lágrima é uma serpente que, desperta, nos engole de cima e de baixo.”

“O ar é uma pele, feita de poros por onde escoa a luz, gota por gota, como um suor solar.”

“A terra estava aberta a futuros, como uma folha branca em mão de criança.”

“Sabe-se: a dor pede pudor. Na nossa terra, o sofrimento é uma nudez – não se mostra aos públicos.”

trechos do livro Um Rio Chamado Tempo, uma Casa Chamada Terra, de Mia Couto

Anúncios