Fé cega

“Os discernimentos da fé são gerais, vagos e precisam ser conceituados para que possam ser comunicados à mente, integrados e compatibilizados. Sem a razão, a fé fica cega. Sem a razão, não saberemos usar os discernimentos da fé nos assuntos concretos da existência. A adoração da razão é arrogância, e denuncia uma privação de inteligência. A rejeição da razão é covardia, e denuncia a ausência da fé.”

Abraham Joshua Heschel em Deus em Busca do Homem

Anúncios