O homem amado por Deus

O amor divino não se dirige ao que já é em si digno de amor; ao contrário, ele toma como objeto o que não tem nenhum valor em si e lhe dá um valor. A ágape nada tem em comum com o amor que se funda na constatação do valor do objeto a que se dirige. A ágape não constata valores, cria-os. Ela ama e, com isso, confere valor. O homem amado por Deus não tem nenhum valor em si; o que lhe dá um valor é o fato de Deus amá-lo.

Anders Nygren

Anúncios