Instante

Amor é dado de graça,
é semeado no vento,
na cachoeira, no eclipse.
Amor foge a dicionários
e a regulamentos vários.

Carlos Drummond de Andrade,
trecho do poema As Sem-Razões do Amor

Anúncios